sábado, 28 de novembro de 2015


DATA LIMITE: 2019
E as tecnologias estelares

Muito se tem falado sobre esta data como limite para que a humanidade consiga viver sem um novo holocausto. Se é verdade ou não pouco importa. Mas o que realmente importa é que a Terra está em transformação. Em trabalho de parto. Trabalho esse que nascerá uma nova humanidade de luz e de progresso.

Nessa nova Terra poderemos conviver em paz e aprendizado sem fome, guerras, sem doenças.

Esses males da humanidade são frutos de nossas imperfeições. Com nossos problemas diário desperdiçamos muita energia, geramos atrito entre nós e permitimos que a doença se estabeleça.

De uma coisa tenho certeza: Estamos sendo ajudados pelos nossos irmãos das estrelas!

Nunca houve tantos filmes falando dos extraterrestres. Tudo para que possamos nos acostumar com a presença deles.

Eles estão entre nós.

Afinal somos seres das estrelas também. Aqui viemos para evoluir e acabamos achando que somos os únicos seres do Universo!

Aos que acreditam no espiritismo posso afirmar que muitos dos espíritos de Luz são de outras estrelas.

Tenho tido contato mental com alguns deles. Mas com mais frequência com os ARCTURIANOS.

Aos poucos fomos formando uma parceria para ajudar as pessoas. Quando vamos ajudar em algum caso difícil, pedimos a presença deles. Em questão de alguns segundos vem um grupo ajudar.

Mais recentemente tenho feito contato com um ser de Luz que esteve encarnada na Terra e hoje é considerada uma SANTA.

Ela trabalho em um hospital no astral e intermediamos uma parceria com os arcturianos.

Ela recebeu novas tecnologias para que seu trabalho fosse facilitado.

Depois disso, também solicitei que me fosse fornecido uma tecnologia para que possa facilitar o trabalho de cura.

Hoje uso essa tecnologia, mas invisível para os não videntes, e está em fase de teste e aprendizado.

As possibilidades são muitas.

E não importa a distância que a pessoa se encontra.

Logo estarei descrevendo sobre esta tecnologia.

E todo tratamento tem que ser gratuito.

"Dai de graça o que de graça recebestes" - Jesus.

Com tudo que acima informei, mentalize luz ao planeta Terra. Vibrem na frequência do amor. Assim estarão sintonizados com os seres de luz e não se sentirão sozinhos.

Muita paz a todos.


sábado, 4 de julho de 2015

Tratamentos Energéticos

Nesta semana ocorreram muitas coisas boas: Um amigo estava no hospital apresentando pressão alta, tremedeira e febre alta. O diabete em 235. Com ajuda de alguns amigos deste e de outro plano conseguimos estabilizá-lo e começou a melhorar. Hoje está em recuperação em casa. A pessoa que me ligou pedindo ajuda também informou sobre uma senhora com o mesmo problema e perguntou se eu  podia ajudar. Ela se encontrava com os rins parados e certamente iria precisar fazer hemodiálise. Fizemos um tratamento pra ela e no dia seguinte já sentia melhoras orgânicas sendo que os rins voltara a funcionar.

Nesta terça num atendimento na casa espirita fomos informados que nossos ancestrais estão se reunindo para trabalhar conosco.
Tudo isso mostra a grande necessidade e urgência do trabalho energético nestes dias grandes mudanças no planeta.

Também nesta semana fizemos um atendimento à distância para mãe e filha que estavam com sérios problemas de saúde. Fizemos um atendimento com desdobramento mediúnico no astral (médium em sua casa), eu em minha casa fazendo energização e limpeza energética e os atendidos em suas residências.
Após o atendimento foi ligado para as atendidas e fomos informados que já apresentavam melhoras.

Tudo isso mostra a grande necessidade de acordar para esta nova realidade que se apresenta como um novo Universo. O Universo da mente. Precisamos entender como funcionam estas energias e saber que todos podem auto se curar e ajudar as pessoas a se curarem também.

Está em fase de elaboração um curso que logo será lançado no qual vamos ensinar o princípio de funcionamento deste Universo e como podemos viver melhor, mais feliz e com mais saúde.

Provavelmente terá o nome de Fraternidade Vitória no início do título do curso.

domingo, 24 de maio de 2015

Obsessão

Obsessão


O que é Obsessão?


Uma interferência energética de uma consciência de energia inferior a outra consciência sem que haja permissão para isso.
Esta definição implica que pode ocorrer de encarnado para desencarnado, entre encarnados, entre desencarnados e o mais conhecido: de desencarnado para encarnado.
Para entender como acontece a obsessão, de uma maneira mais fácil, basta observar a obsessão de encarnado para encarnado, ou seja: entre os chamados vivos.
Quando alguém se sente prejudicado e sente desejo de vingança, torna-se num obsessor. Então o prejudicado fica se remoendo, sofrendo e muitas vezes com a ideia fixa de "dar o troco". Acontece que quando o que ocorreu foi muito marcante e não houve possibilidade da vingança, o desejo não se extingue com a morte física. Quando isso acontece o desejo de vingança continua após a morte.

O ser que causou o prejuízo renasce. Tem uma nova chance de mudar sua vida. Os protetores de dimensões superiores permitem que ele seja protegido até que possa assumir suas dívidas.
Até lá ele recebe instruções durante o sono para que aprenda a fazer o bem, que melhore suas sua vida e que possa levar uma vida digna.

Mas a Lei Cósmica diz: Tudo que nós desarmonizamos temos que corrigir.

E o ser agora precisa entrar em contato com aquele a quem prejudicou! Harmonizar o que desarmonizou.

Então a obsessão torna-se algo positivo, uma oportunidade de correção de nossas falhas passadas. Mas que fazemos: Estou com obsessor, por favor meu Deus (neste momento nos lembramos de Criador), me livra deste mal!
Então faço a seguinte pergunta: O que você acha se Deus ajudasse aquele que prejudicou muitas pessoas? Seria um deus justo? Não acredito que você pensaria assim.
Agora se coloque na seguinte posição: somos todos devedores uns dos outros e estamos aqui para equilibrar o que desequilibramos.
A partir dessa premissa podemos concluir: Façamos todo o bem que pudermos para que possamos partir para outra dimensão com uma dívida a menos com o Todo.

Afinal, nós somos os obsessores!


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Técnicas Apométricas

Técnicas de Apometria


Essa prática assistencial foi introduzida no Brasil pelo farmacêutico e bioquímico porto-riquenhoLuis Rodrigues, que a chamava de Hipnometria, e utilizava técnicas próprias para obter o suposto desdobramento anímico controlado. Na década de 1960, foi sistematizada pelo médico cirurgião geral e ginecologista José Lacerda de Azevedo (1919-1997), no Hospital Espírita de Porto Alegre, que lhe trocou o nome para Apometria. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Apometria)

Leis da Apometria


Aprendendo na prática

Na prática, já fiz desdobramento de mim mesmo, na presença de vidente, que visualizou a minha outra parte, (alguns chamam de nível, outros de pedaços de alma, etc) o que confirma a primeira lei. Depois dei o comando para que este ser (parte de mim e igual a mim) fosse levado para uma nave de cura. O retorno acontece automaticamente quando o tratamento termina ou alguém encaminha de volta?! Esse tratamento está descrito na sexta lei.

Com relação a desobsessão, vale ressaltar que existem bolsões no passado onde ficam os seres que prejudicamos (para não falar inimigos). A medida que a pessoa vai vivendo, alguns são permitidos "escapar" e encontrar seus algozes. Somos responsáveis por tudo que fizemos de errado. Mas como não temos estrutura para suportar muita coisa, a carga vai sendo liberada aos poucos.
Estes bolsões podem ser trabalhados com a nona lei: deslocamento no espaço e no tempo.

Outro ponto importante acontece nos casos de obesidade em que se supõe a presença de um espírito incitando a comer exageradamente, mas não é um espírito. É outro de você que precisa de energia. E a energia que ele precisa é mental, não é a física. Só que a fome pode ser igual.
Com o desdobramento de ser, é possível tratá-lo enviando as energias que ele necessita e depois reintegrá-lo no corpo novamente.

Também tenho percebido muitos casos de partes (níveis) sofrendo na região umbralina ou presos nas bases negativadas. São partes de nós que estão sofrendo. E enquanto eles estão sofrendo, nós também sofremos.

O assunto é longo. Quem quiser praticar a apometria lembre-se: comece praticando a quarta lei. A lei da formação do campo de força.

É necessário começar em um grupo já estruturado para se praticar a apometria porque pode abrir canais com os seres umbralinos e trazer sérios problemas.

Por isso repito: pratique a quarta lei e tenha um bom ancoramento com as equipes de LUZ.

RAMAKRISHNA
www.hipnose.center 

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Obesidade

OBESIDADE

A principal causa da obesidade é a carência de energia!
Parece esquisito dizer isso. Como alguém obeso pode ter carência de energia? O que poucos sabem, e eu estou aprendendo ainda, é que existem diversos tipos de energias: As energias físicas e as mais sutis.
Os alimentos sólidos fornecem as energias físicas, aquela que precisamos para os esforços físicos do dia a dia.
Entre as diversas energias sutis, vamos falar sobre as energias mentais.
A principal fome de energia é pela energia mental! Entretanto nos alimentamos com alimentos sólidos que pouco adiciona em energia mental, a fome ainda continua, comemos mais, engordamos mais, então nos estressamos, perdemos energia mental e o ciclo continua.
Estas informações estão no livro: "OBESIDADE: A Solução Holística" do médico e escritor holístico Dr. Armando Hamud.
Ele relaciona 30 causas da obesidade e 50 complicações!
Com o início do tratamento de obesidade que divulguei, já localizei mais causas além das 30 já citadas.

O importante é ser magro. Não é questão só de estética. É questão de valorizar a vida, a saúde e faz parte da evolução.

A hipnose ajuda muito no condicionamento mental para se levar uma vida mais saudável, com energia e felicidade. Agende uma consulta:http://www.hipnose.center/contato.html
Clique no botão anamnese, preencha a ficha e mande para o email ao lado do botão.

sábado, 26 de abril de 2014

HIPNOSE CONDICIONATIVA

A hipnose condicionativa criada por Luiz Carlos Cruzera, tem como diferencial trabalhar com programações positivas, de maneira a evitar qualquer dano na reprogramação mental do cliente. A hipnose é recomendada às pessoas que desejam um apoio ao tratamento já em andamento, de maneira a intensificar os efeitos benéfico s dos medicamentos em uso, sendo possível diminuir até mesmo os efeitos colaterais. É uma grande ferramenta no combate a ansiedade, de modo que pode ser utilizado no controle do peso corporal, em vésperas de vestibulares, entrevistas de emprego e diversas outros motivos onde a ansiedade impera. Muitos dos problemas que parecem sem solução, a reprogramação mental entra como uma grande possibilidade de solução, dependendo unicamente da determinação de cada um. Determinação esta que a hipnose entre como uma grande aliada. Se tivesse que começar minha vida hoje, começaria investido em terapia hipnótica para alçar planos mais altos. No Universo o único limite é você que estabelece. O seu limite é até onde você pode sonhar!

quinta-feira, 13 de junho de 2013

26 MARIOS - Recuperando Personalidades perdidas

Leis Apométricas

Primeira Lei: Lei do desdobramento espiritual. Segunda Lei: Lei do acoplamento físico. Terceira Lei: Lei da ação à distancia, pelo espírito desdobrado. Quarta Lei: Lei da formação dos campos-de-força. Quinta Lei: Lei da revitalização dos médiuns. Sexta Lei: Lei da condução do espírito desdobrado, de paciente encarnado, para os planos mais altos, em hospitais do astral. Sétima Lei: Lei da ação dos espíritos desencarnados socorristas sobre os pacientes desdobrados. Oitava Lei: Lei do ajustamento de sintonia vibratória dos espíritos desencarnados com o médium ou com outros espíritos desencarnados, ou de ajustamento da sintonia destes com o ambiente para onde, momentaneamente, forem enviados. Nona Lei: Lei do deslocamento de um espírito no espaço e no tempo. Décima Lei: Lei da dissociação do espaço-tempo. Décima Primeira Lei: Lei da ação telúrica sobre os espíritos desencarnados que evitam a reencarnação. Décima Segunda Lei: Lei do choque do tempo. Décima Terceira Lei: Lei da influência dos espíritos desencarnados, em sofrimento, vivendo ainda no passado, sobre o presente dos doentes obsediados. Conforme a primeira lei da Apometria: Lei do desdobramento espiritual: "Toda vez que, em situação experimental ou normal, dermos uma ordem de comando a qualquer criatura humana, visando à separação do seu corpo espiritual – corpo astral – de seu corpo físico, e, ao mesmo tempo, projetarmos sobre ela pulsos energéticos através de uma contagem lenta, dar-se-á o desdobramento completo dessa criatura, conservando ela sua consciência"(Azevedo,1977), podemos nos dissociar em corpos mais sutis. Nos estudos atuais, complementando o trabalho inicial do Dr. Lacerda, percebemos que esses corpos mais sutis também podem ser dissociados em níveis e subníveis. Muitos desses subníveis podem estar dissociados, perdidos no espaço-tempo e em sofrimento. De posse dessa informação, fui procurar meus subníveis com a ajuda de meus amigos de outras dimensões. Encontramos 26, os quais foram encaminhados para tratamento e em seguida trazidos de volta. Ao retornarem, formaram uma linha a uns 4 metros na minha frente de modo a estarem lado a lado como numa formação militar. Pedi para se aproximarem. Chegaram mais perto e finalmente foram se reintegrando a mim. No momento e que cada um se reintegrava a mim, sumia do campo visual astral pois retornava a sua origem. Assim todos voltaram e nos tornamos uno. Completo. Essa foi uma excelente oportunidade de experimentar na prática a realidade da Apometria.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

BBB - uma análise espiritual.

Não gosto de ficar copiando textos da internet mas este é muito importante e vale a pena:------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- BIG BROTHER BRASIL: Sintonia Umbralina por Bruno J. Gimenes Antônio (espírito) "Esse programa atingiu o seu ápice no que tange à formação de um psiquismo espesso e denso. Agora que por vários anos uma atmosfera de discórdia, sexo, promiscuidade, vaidades excessivas se cristalizaram ao redor desse acontecimento, o plano denso facilmente encontrou condições de utilizar este programa como um irradiador de densidades para todos os seus expectadores. São muitos anos de brigas, intrigas, sexualidade desvairada e desinteresse por valores mais elevados, o que constrói uma nuvem negra de fluidos maléficos. Ao sintonizar-se com esse acontecimento, o expectador recebe uma volumosa carga de fluídos densos que é engenhosamente manipulada por especialistas das sombras, para que os seus lares sejam lentamente densificados, em especia, pela ressonância mórfica da compreensão do programa e da falta de vínculos espirituais mais fortes por parte de todos que se prendem a essa rotina. A ignorância cobra o seu preço. A massa de expectadores nem imagina que uma simples sintonia com um programa de TV pode trazer tantas influências negativas aos seus lares, pois não compreendem algumas leis naturais que só podem ser entendidas por seres abertos aos movimentos cósmicos mais sutis. No plano espiritual, os mensageiros da luz nada podem fazer senão alertar para o fato de que a ligação com valores espirituais é o melhor caminho para uma vida de bem e amor. "Semelhante atrai semelhante" quer dizer que a força que você segue torna-se o seu manancial. Embora a humanidade já tenha conhecimento dos exemplos de grandes seres de luz que já passaram por aqui, bem como já esteja banhada por muito conhecimento universal, são os instintos primitivos que reinam com maior preponderância em relação aos valores espirituais. Tecnicamente falando, quando um expectador se conecta ao referido programa por vários dias em seguida, e ainda se envolve emocionalmente com os seus acontecimentos, ele começa a formar em seu ambiente e em seu corpo espiritual, formas-pensamento exatamente semelhantes as que estão pairando sobre o local físico da casa onde se reúnem os integrantes do programa televisivo. Depois da formação dessa energia chamada forma-pensamento, o que está lá dentro da casa também estará na aura da pessoa expectadora, pois, em um processo de simbiose natural, as formas-pensamento tornar-se-ão entidades vivas agindo como organismos pensantes e pulsantes. A considerar que a humanidade como um todo tem enormes desafios no que tange a busca da angelitude de suas almas, e que essa caminhada ainda mostra-se muito longa, é de tal modo, sensato analisar que a hipótese de abandonar o hábito de sintonizar-se com tais programas seja uma alternativa saudável. As forças negativas que convergem na direção dos expectadores são potencializadas por entidades escurecidas, habitantes de atmosferas sub-umbralinas, muitíssimo interessadas na decadência da raça humana. E, por último, é pertinente evidenciar que tais forças extrafísicas malignas têm como prática a utilização de acontecimentos populares de baixa moral, para a impregnação em massa de estímulos primitivos". -- "Examinai tudo; retende o bem" - Paulo de Tarso

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Refletindo sobre o Natal

Feliz Natal! Afinal o que é o Natal? É uma data onde se comemora o nascimento de um “Salvador”. Onde se renova a esperança de que amanhã será melhor. Mas não haverá um futuro melhor se não fizermos a nossa parte. Se não buscarmos a cada dia vivenciar o ensino do grande mestre que nada deixou escrito mas deixou gravado na eternidade os seus ensinamentos através de sua vida. Mostrando na prática o amor ao próximo, o ensino sobre a vida futura e a esperança de um dia melhor. Desejo a todos que sigam o exemplo do Divino Mestre, sendo felizes, alegres e prósperos irradiando energia divina a todos os seres do universo. Feliz Natal e um ano novo cheio de Luz! Mário e Evanir
Buon Natale! Così che cosa è il Natale? E 'un giorno in cui si celebra la nascita di un "salvatore". Quando si rinnova la speranza che il domani sarà migliore. Ma ci sarà un futuro migliore, se facciamo la nostra parte. Se non cerchiamo ogni giorno per vivere l'insegnamento del grande maestro che ha lasciato nulla di scritto, ma lasciato inciso per l'eternità i suoi insegnamenti con la sua vita. Mostrando il fattivo amore del prossimo, l'insegnamento l'aldilà e la speranza di un giorno migliore. Auguro a tutti di seguire l'esempio del divino Maestro, essere felice, gioioso e prospero irradia energia divina a tutti gli esseri dell'universo. Buon Natale e un nuovo anno pieno di luce! Mario e Evanir

terça-feira, 31 de julho de 2012

Aparelhos Alienígenas de Controles Mentais: Capacetes

É comum nos dias atuais ouvir falar em implantes. Muitos dos animais licenciados pelo IBAMA, para animais de estimação, usam um micro-chip do tamanho de um grão de arroz, usado para identificação e controle. Nos estudos espíritas se fala muito em obsessão, que é a interferência de um espírito humano a uma pessoa dita encarnada. Nos estudos da Apometria surgiu o termo: Obsessão Complexa. Obsessão Complexa: Termo usado para casos de obsessão onde há Magia Negra, Goécia e o que vamos tratar hoje que são aparelhos utilizados para causar dor ou obter um controle mental de um indivíduo. Começando pelos implantes, que também são uma forma de controle, eles podem ser de diversas aparência e tamanhos. Fazendo-se uma busca na internet vamos localizar diversos deles. Mas um dos que vem me chamando a atenção são os chamados implantes orgânicos. São implantes com aproximadamente 3cm que podem de desenvolver e acredito que podem chegar a uns 50cm envolvendo a coluna vertebral. Eles podem ser vistos por quem tem vidência pois são de outra dimensão(astral). Como se já não bastasse, atualmente tenho encontrado um outro tipo de controle: o Capacete. O Capacete é um artefato astral colocado na cabeça e dele saem pinos interligando o cérebro. Como consequência, a pessoa sente dor de cabeça constante e sem motivo aparente. Ou pode se tornar um fanático religioso, fechando-se a tudo que possa trazer uma libertação mental. O primeiro caso que encontrei foi relatado na postagem anterior. Depois disso, encontrei diversos casos onde a ação foi desde dor de cabeça, depressão profunda, fanatismo e vida descontrolada onde tudo dava errado. Estes artefatos podem ser utilizados pelos alienígenas trevosos, mas há uma grande maioria de extraterrestres que fazem o bem, que ajudam na remoção dos implantes, que ensinam como atuar nestes casos. São seres de LUZ, irmãos das estrelas, alguns de outras galáxias, todos empenhados na libertação dos seres humanos para alcançar uma nova dimensão. Uma dimensão de Paz, Harmonia e Felicidade. São nossos irmãos de Arcturos, das Pleiades, de Orion, De Andromeda, da constelação do Indio, e inúmeros outros das mais distantes estrelas, inclusive seres intraterrenos como divulgado pela princesa do Japão (http://youtu.be/B9u6DDKbX6Q). Infelizmente muitos deles ainda não são aceitos e quando se apresentam em reuniões mediúnicas usam a aparência de Preto Velho, de Índio ou de algum personagem aceito no grupo. Vamos todos entrar neste grande templo de amor e de luz. Vamos compartilhar o grande avanço de nossos irmãos. Vamos ser uma grande família. Uma grande Família Cósmica!

Relato de Casos

Primeiro caso: MSL, Homem de 34 anos, morador no Rio Grande do Sul. Sintoma: Problema desconhecido no joelho esquerdo, a mais de cinco anos, que quando abaixado, ao se levantar sentia um imensa dor. Após uma única sessão o sintoma desapareceu. Hoje a mais de um mês sente-se muito feliz em poder trabalhar sem a incômoda dor que o afligia. Segundo caso: Mulher, filha de colega terapeuta, sofria com fortes dores de cabeça, já havia passado por diversos médicos, mas sem nenhum diagnóstico conclusivo. Após um tratamento com apoio de sua mãe, fizemos o tratamento aplicando a técnica Eteriatria Quântica. Soube através de sua mãe que as dores de cabeça sumiram. São inúmeros casos semelhantes mas acredito que estes dois dão um exemplo da eficácia dos tratamentos. Para entender o funcionamento do tratamento é necessário entender que somos multidimensionais. Temos diversos corpos em diversas dimensões. Muitos dos problemas que temos ainda não se manifestou no corpo físico, daí a dificuldade do diagnóstico da medicina. Trabalhamos com seres de diversas dimensões que nos ajudam no equilíbrio energético e remoção de energias intrusas negativadas. Salientamos a necessidade do pensamento positivo, de uma vida impecável, de valorizar cada momento fazendo o bem. Mas é necessário primeiro estar bem consigo, nosso primeiro compromisso, para depois, com energia positiva e alegria poder ajudar os demais. Que todos cumpram sua principal missão: Viver bem!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Encontrando com Iemanjá

Quinta-feira, dia 19 de julho de 2012, dia de meditação. Estávamos eu e minha esposa aguardando dar 23h00 para iniciarmos nossa tarefa, quando perguntei se gostaria de encontrar com alguém no astral.Só disse que seria na praia, nada mais. Nos desdobramos, fomos próximo do mar, aguardamos e nada aconteceu. Então pedi para prosseguirmos através do mar e ver se alguém apareceria, e foi quando descreveu com detalhes um ser que parecia Iemanjá.O interessante foi que em nenhum momento foi descrito com quem seria o encontro, pois já fizemos diversos tipos de viagens, inclusive para cidades situadas no fundo do mar (em outra dimensão claro). Após feito o primeiro contato, disse quem era e pedi para que chegássemos mais perto. A visão foi deslumbrante: Mostrando-se muito feliz, seu véu enorme e sutil se confundia com as nuvens, parecendo uma coisa só. Agradecendo por nos receber, nos despedimos regressando ao quarto donde partíramos. Depois de conversarmos a respeito, lembramos que deveríamos ter levado rosas para Ela. Decidimos então plasmar um buquê de rosas brancas e voltamos para a entrega. Ao chegar perto, minha esposa lançou ao mar o buquê. Então disse que não haveria necessidade disso. Que poderíamos entregar diretamente a Ela. E assim, recolhemos as rosas e entregamos. Foi maravilhoso, seu rosto resplandecia num sorriso refletindo toda sua luz, mostrando que com harmonia com a natureza e muito amor no coração, SOMOS UNO COM O CRIADOR!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Portais Negativados

Há situações em que uma pessoa fica muito negativa, doente, irritada e que quase tudo dá errado. Nestes casos quase sempre há um portal negativado associado. A impressão que se tem é não haver mais solução.

A boa notícia é que tudo tem solução! Mesmo nesses casos, terapeutas com um bom preparo pode ajudar. Digo pode ajudar, não resolver! A solução está em cada um de nós. A solução está na mudança do padrão mental, em seguir a LEI MAIOR, lei essa que considera que estamos todos interligados, que somos todos parte de algo maior, que na medida que prejudicamos alguém também somos prejudicados.

O que venho dizendo são experiências pessoais. Tenho percebido tais portais em diversos locais. Com a ajuda das Fraternidades do Espaço temos conseguido o fechamento.
Conseguimos fechar mas esses portais poderão aparecer novamente se houver a negatividade mental suficiente.

A solução é o treinamento mental para o otimismo, a fé, a esperança, o amor incondicional.
Assim como um bom profissional se dedica anos e anos treinando para se tornar respeitado na sua profissão, devemos também diariamente treinar nossa mente.

Nossa grande defesa está num portal de luz chamado  "CHAMA TRINA".

Nela temos a Chama Rosa que representa o AMOR INCONDICIONAL; a Chama Dourada representando a SABEDORIA e a Chama Azul representando a FORÇA, FÉ e VONTADE DIVINA.

Aprendam a usar a Chama Trina, aprendam a confiar que A FONTE QUE TUDO É, nosso criador , não iria deixar SUA CRIAÇÃO ao caos.

Ele nos deixou os recursos necessários para o progresso, para que sejamos sempre felizes e possamos viver em PAZ.




segunda-feira, 2 de julho de 2012

Portais

Trabalho como terapeuta mas não tenho a habilidade de ver com nitidez o plano astral. Para isso costumo solicitar as pessoas que pedem ajuda e tem essa característica, digo característica ao invés de dom porque nem sempre é bom ver outras dimensões, para olharem em determinado ponto e dizer o que estão vendo.

Neste nosso caso foi pedido para verificar sobre a possibilidade de um hospital no astral, mas não foi localizado. Ao invés disso, foi visto um imenso campo vazio com uma espécie de caverna com uma escrita em cima: ENTRE. A pessoa voltou assustada e disse que entraria num local desconhecido.
Ao voltar descreveu o local parecido com uma caverna mas havia luz forte dentro. Após contato com nossos amparadores, fomos informados que se tratava de um portal.

Para dar prosseguimento a pesquisa, resolvemos voltar ao local onde havia o portal, mas só havia algo que foi descrito com uma grande torre. Ao aproximar da torre, pela descrição parecia um elevador. Pedi que entrasse no elevador e fui perguntando se havia chegado. Assim pude perceber uma grande demora para chegar, algo em torno de 20 a 40 segundos.

Ao chegar, foi encontrado uma sala com diversas macas. Pedi para que se utilizasse de uma e em seguida vieram diversos seres fazendo imposição de mãos. Havia muita paz e harmonia no local.

Após o término do tratamento, pedi que olhasse ao redor para encontrar algo parecido com o portal visto anteriormente. Ao encontrar, foi só entrar na luz e no passo seguinte já se encontrava do outro lado.

Assim foi concluído o atendimento com parceria com seres de outra dimensão.

Acredito que a luz e o túnel descritos nas experiências quase morte também são portais para dimensões mais elevadas.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

OS UFOS E A HISTÓRIA DA TERRA (POR FREI LUIZ)


ampliar
'Apareceram anjos dos céus advertindo Lot, que era seguidor dos princípios divinos. Alertaram para se retirar da cidade do Sodoma, pois iam ser castigados por Deus. Houve ali, então, uma verdadeira guerra nuclear'
Ele é filho de mãe luterana, pai ateu, foi deputado estadual pelo PDT do Rio Grande do Sul e seu bisavô, Otávio Rocha, foi governador. Na infância, estudou no colégio Marista em Porto Alegre e despertou para a vida religiosa ao ouvir um frei gregoriano do Rio de Janeiro falando sobre a criação de uma civilização mais humana e cristã. Estudou por oito anos filosofia, exegese, aramaico, grego e latim no mosteiro de Petrópolis. Integrou o Sacro Colégio Gregoriano de Roma para fazer doutorado, junto com Santo Rosseto e Frei Beto. Posteriormente, doutorou-se em filosofia no Instituto Católico em Louvaine, Bélgica.

Sua missão foi a catequização de pagãos na Colônia Portuguesa de Goa, Índia, onde permaneceu por um ano e oito meses. Em Macau, na China, passou oito meses visando unicamente a expansão do império católico. Após esse curto período foi para Angola e Moçambique, por conta da Igreja ter a preocupação de que seus religiosos não criem vínculos emotivos. Frei Luiz Carlos Krummenauer Rocha lembra que os nativos seguiam seus deuses e ele estava ali para levar a boa nova, o cristianismo. No Tibet, conheceu monges tibetanos e, na troca de informações, passou a ver a vida com outro sentido. 

Após seu retorno ao Brasil, em Porto Alegre, integrou o grupo de escoteiros visando implantar um trabalho junto as favelas, o escotismo como reeducação. Era capelão, orientador espiritual dos escoteiros. Pediu licença e casou-se. Um ano e meio depois, sua mulher, grávida, acabou falecendo no parto, junto com seu filho. Ananda, a esposa de origem libanesa, era sua aluna do coral e, com o ocorrido, ele se viu cheio de culpa, pensando ser castigo de Deus por seus votos anteriores. Com isso, retornou à congregação.

Admira o trabalho do estigmatizado padre Pio de Pietrelcina e Sta Tereza D'avila. Em seu mini-castelo, no Bairro Boa Vista da cidade de Chapecó, frei Luiz guarda várias imagens de locais onde passou na África, China, Europa etc, durante seu trabalho missionário. Algumas obras pessoais, pinturas, artesanato e imagens sacras entalhadas em madeira. Hoje preside a Associação dos Diabéticos e Hipertensos de Chapecó.

"No próprio Velho Testamento, no Exodus, falam que os anjos dos céus tomaram as filhas dos homens como esposas, por sua grande beleza. Foi aí que os nossos irmãos extraterrestres vieram para cá e se uniram com as fêmeas dessa raça que estava em evolução, surgindo do Homo sapiens – o homem híbrido, do qual nós somos descendentes." (frei Luiz C. K. Rocha)

O senhor é um apaixonado pela história do planeta. Como foi a colonização da Terra e a evolução do ser humano? Eu fui informado que a colonização do planeta não é bem como passaram e, a evolução do homem, que foi sofrendo mimetismo, mutações de acordo com os continentes, das espécies, formando as raças. Existem informações de que quando houve a colonização do planeta, por aqueles revolucionários que se puseram contra a Confederação Planetária, foram trazidos povos de vários outros orbes para a Terra, os orientais foram um, por isso são tão evoluídos. Chineses inventaram a pólvora, na astronomia eram avançados, porque já vieram com uma série de informações, perdendo-se através dos tempos. Os africanos, sim, seriam a raça que sofreu a origem da experiência feita por nossos irmãos extraterrestres. Observei na abertura da Copa do Mundo de Futebol a expressão dos negros africanos, suas feições. Temos uma imagem errada da África, não são todos negros, eu conheci negros da cor de argila vermelha, cinza, de todas as colorações escuras. Informações me foram repassadas por um contato extraterrestre, de que, através dos tempos, eles não se comunicariam mais, apenas se manifestariam em sonhos e eu já tive muitas informações em sonhos que, depois, foram confirmadas com as experiências dos cientistas.

Como o senhor avalia os ensinamentos repassados nos dias de hoje pelos homens da igreja? Outro dia fiquei revoltado, fui numa comunidade chamada Colônia Bacia ver a igreja que tem estilo antigo, porque as demais que foram construídas neste estilo foram demolidas, com a idéia de alguns padres modernos, que não entendem nada, nem de arquitetura, nem conhecem esoterismo, nada. Fui ao salão de festas dos idosos, ao lado do bar, a mesa estranha, diferente das outras, era a mesa antiga do altar. Ali estava a pedra Hara daquela igreja, toda manchada de cerveja e outras coisas. Chamo isso de iconoclastas dos novos tempos. Não deixam mais os colonos colocarem flores e folhagens no altar, uma tradição antiga de embelezamento com a natureza.

O senhor está em Chapecó há quanto tempo? Estou no oeste catarinense há mais de 20 anos, os destinos divinos nos trouxeram para cá, para aqui cumprir uma missão de caridade com os menos favorecidos.

Qual sua formação? Onde o senhor estudou, buscou conhecimento? Tive uma formação religiosa Marista e, depois disso, me atraí pela Ordem dos Freis Gregorianos, criado por São Gregório, que foi um grande Papa da Idade Média, e também tivemos a oportunidade de estar no Sacro Colégio Gregoriano de Roma, fazendo doutorado em teologia, com duas pessoas conhecidas daqui, Santo Rosseto e Frei Beto, e de lá tivemos a oportunidade de ir para a Bélgica, em Louvaine, no Instituto Católico da Bélgica, onde nos doutoramos em Filosofia. Fora isso, na formação conventual, em Alto Petrópolis, Rio de Janeiro, tivemos oportunidade de ter contato com a língua aramaica e sua escrita, com o grego, o latim, fazendo captar melhor a formação religiosa.

Falando em religião, nos seus fundamentos, e os evangelhos? Os evangelhos nós conhecemos apenas quatro, mas na verdade são 78, os demais são chamados apócrifos, porque no Grande Concílio de Nisséia foram selecionados apenas aqueles evangelhos que interessavam aos homens da Igreja da época. De lá para cá, a Bíblia sofreu várias traduções e cada um traduziu de acordo com seu nível cultural e de acordo com seus interesses. Até hoje, os evangelhos, ou o próprio Velho Testamento, são fiéis verdadeiros da história dos homens de Deus em nosso planeta, começando do Velho Testamento, com Abraão, Moisés e outros grandes profetas.
Afirmo com toda certeza: “Onde existe o homem, existe imperfeição”. Isso tudo me deixou a pensar, pesquisar, analisar, trabalhei em missão em Goa, Macau, e nessa época tive a chance de, com a amizade que fiz com os monges tibetanos, ir até o Tibet, no Himalaia, conviver com eles e descobrir grandes pérolas da evolução espiritual.

Sua missão era levar o Evangelho cristão a esses povos. O que mudou em sua vida após seu contato com líderes religiosos, principalmente do Tibet? A missão era pregar o evangelho, o cristianismo, a boa nova. Só que, após esses contatos, eu também aprendi muita coisa. Na Índia, tive contato com Bhagavad Gita, livro Hindu que fala da epopéia de Krishna. Também o Mahabharata, que foi escrito há mais de 10 mil anos em forma de poesias, contando a história do povo de Deus e a interferência dos grandes Avatares, espíritos iluminados como Jesus, que Deus enviou à Terra. Eu percebi que, de épocas em épocas, vem um espírito de luz – um avatar – fazer uma pregação para o povo de uma região, de uma época, adaptando-se aos costumes locais. Assim nós tivemos Zoroastro da Pérsia, Sidarta Gautama, o Buda Iluminado, na Índia, Lao Tsé, no Japão, Confúcio, na China, o próprio Maomé do Islamismo, que nos passa uma má idéia, má imagem de um povo subversivo, mau, que na verdade eles não seguem a mensagem do Alcorão, que é muito parecido com a Bíblia. O Alcorão começa desde a época de Moisés, com todos os profetas, considera Jesus um grande profeta, Maria também, e acredita que Maomé veio modernizar a mensagem de Jesus. Dentro do Islamismo, há um grupo chamado sufista, que pregam um evangelho islâmico de amor, que não tem nada a ver com essas condutas que hoje acompanhamos nos noticiários, as torres gêmeas e outros atentados perpetrados por grupos de fanáticos, assim como no ocidente temos os cristãos que, seguidamente, estão declarando guerra, um país cristão contra outro país cristão. Assim como na Idade Média, na Itália, o que se chama quirelas bizantinas, um determinado bispo de uma cidade italiana percebia que o outro bispo tinha muito ouro, muitos bens, criava uma polêmica, do tipo "Num buraco de agulha cabem uma legião de anjos e, do outro bispo, não, cabem três". Em função disso, guerreavam, mas era de olho nas posses e bens da outra diocese.

O Senhor também trabalhou no Vaticano? Fui guia no museu do Vaticano e lá pude ver muitos quadros da Idade Média, de grandes pintores e junto ao presépio de imagens sacras, no céu dessas imagens podem-se observar discos voadores. No Vaticano existe hoje um departamento só de estudos, isso porque a Santa Sé tem a maior rede de informação do mundo.

Existe alguma orientação por parte das autoridades do Vaticano sobre o assunto discos voadores?Não. Eles procuram não se manifestar. Após ver as imagens, comecei a pensar até que cheguei a conclusão de que todos aqueles anjos que se fala no Velho Testamento, principalmente, nada mais foram que visitantes extraterrestres, que habitaram o planeta há milhões de anos, e hoje nós chamamos de uma raça adâmica. 

Frei Luiz, qual é, na sua opinião, a real história sobre Adão e Eva?  Adão é um simbolismo, não houve só Adão e Eva, houve outros. A questão do pecado, da árvore, da fruta proibida, é tudo um simbolismo. Adão e Eva representam justamente os dois sexos, que unidos pelo amor, têm a oportunidade de procriar, não só eles, todos os seres vivos do planeta. Só que na Terra foram degredados nossos irmãos, que vivem em outra galáxia, na Constelação de Órion, onde houve uma guerra das Confederações Planetárias que faziam parte desta grande civilização e, os perdedores, foram exilados para vários planetas que tinham condição de vida, mas eles foram expulsos sem poder levar nenhuma tecnologia. Tiveram que recomeçar do início e, aqui, na Terra, era um grande laboratório dessas civilizações, onde eles estavam desenvolvendo e acompanhando a evolução da vida nesse planeta. Então, aqui foi criado o início de um primata específico para ser o Homo sapiens, passando por várias épocas evoluindo.

No próprio Velho Testamento, no Exodus, fala-se que os anjos dos céus tomaram as filhas dos homens como esposas, por sua grande beleza. Foi aí que os nossos irmãos extraterrestres vieram para cá e se uniram com as fêmeas dessa raça que estava em evolução surgindo do Homo sapiens – o homem híbrido, do qual nós somos descendentes. Só que nós temos no nosso ser a grande força energética da reprodução e da fome. Sendo assim, agimos mais pelo instinto do que pela razão, poucos são aqueles que conseguem agir pelo racional. Esses se tornaram grandes cientistas, grandes pensadores, foram os que conseguiram evoluir dessa herança genética que nós temos dos nossos parentes de outros sistemas que podemos observar. Todos têm a característica humanóide. Sodoma e Gomorra é outro exemplo, com Lot. Apareceram anjos dos céus advertindo Lot, que era seguidor dos princípios divinos, que cumpria as leis passadas por Moisés. Alertaram para se retirar da cidade do Sodoma, pois iam ser castigados por Deus. Houve ali então uma verdadeira guerra nuclear, de uma civilização muito evoluída. Foi mais tarde lembrada pelos descendentes do fato e escrito de forma simbólica.

E quanto aos sete dias da criação do mundo, qual o simbolismo disso na sua concepção? Sete dias, na verdade, é um número simbólico. Isso significa milhares, ou quem sabe milhões de anos no processo evolutivo dessa experiência que foi feita aqui no planeta.

Onde o senhor buscou essas informações? No Tibet, com os monges tibetanos, que, através de uma linguagem simbólica, também nos repassam muitas informações. Na própria Índia você vê coisas fantásticas. Aquelas pirâmides no meio de Jungle, a selva Hindu. Pirâmides enormes que eram de pedra e foram vitrificadas por arma nuclear. Também pela escrita do Mahabharata, que fala de uma época em que havia naves, que se guerreavam com flechas de fogo, que na verdade eram raios laser, transformando em cinza, assim como ocorreu em Nagasaki e Hiroshima, após a bomba. O povo japonês que lá habitava virou cinza. 

Falando em cinza, segundo relato bíblico, as cidades de Sodoma e Gomorra foram destruídas e viraram cinzas. Sodoma e Gomorra é outro exemplo, com Lot. Apareceram anjos dos céus advertindo Lot, que era seguidor dos princípios divinos, que cumpria as leis passadas por Moisés. Alertaram para se retirar da cidade do Sodoma, pois iam ser castigados por Deus. Houve ali então uma verdadeira guerra nuclear, de uma civilização muito evoluída. Foi mais tarde lembrada pelos descendentes do fato e escrito de forma simbólica. Assim como Noé. Se analisarmos, é um absurdo que uma família construa uma arca de madeira, aquela região é pobre em madeira, e construir uma arca para abrigar um par de animais de cada espécie do planeta durante quarenta dias e quarenta noites. Pergunto: Como é que alimentavam? Nós sabemos que cada animal tem uma espécie de ração, de alimento próprio. Houve aí, na verdade, mais uma das grandes catástrofes que o planeta já teve e, numa delas, desapareceu Atlântida, que era uma civilização extremamente mais desenvolvida que a nossa. Outro exemplo: como se explica que no velho Egito, num túmulo de cinco mil anos atrás, de uma criança, ser encontrado um helicóptero de ouro? Como se explica aquele computador encontrado em Antuérpia, de mais de cinco mil anos? Percebem-se vestígios de grandes civilizações que existiram e desapareceram, tendo assim um recomeço, como na minha visão atual está para acontecer.

O que esperar da vida no planeta nos dias atuais? Com o degelo dos pólos, o mar deverá subir cem metros em toda costa dos continentes, consumindo os grandes centros do Brasil. O norte todo vai ficar embaixo d’água, como as nossas grandes capitais, Florianópolis, Camboriú, toda a parte litorânea de Santa Catarina, tudo ficará embaixo do mar. E o que prova que isso vai acontecer e já aconteceu é justamente agora a questão do pré-sal. A explicação para a existência de petróleo a 300 km mar adentro é que aquela região já teve vegetação e vida animal. O petróleo é de origem animal e vegetal, só que as pessoas não param para pensar. Então, isso já aconteceu várias vezes, nosso planeta já passou por várias formações geológicas e ninguém sabe ao certo quando isso vai acontecer novamente. Pode demorar muitos anos ou acontecer logo.

Durante seu trabalho de catequização e seu contato com monges tibetanos, houve um conflito de idéias, uma reformulação em sua vida? Como lidou a partir dessa situação? Falei com meus colegas mais próximos, mas senti que devia evitar, assim como quando estive no escotismo em Porto Alegre e tive o primeiro contato imediato com um ser que, na época, eu não estava preparado. Fiquei, mas aderi a uma postura de pasmo, de medo e não soube aproveitar o momento para questionar. Hoje eu faria uma série de perguntas, questionamentos que, creio, até fundiria a mente desse ser. Nós todos estamos sendo observados. Não digo que em alguns colocaram até chips, mas também não digo que toda humanidade está com chips.

Frei Luiz, falando em extraterrestres, o senhor citou as passagens bíblicas e a presença dos irmãos das estrelas em várias situações. O que mais se deve analisar? Até a própria sombra que acompanhava o povo que Moisés conduzia pelo deserto. Diz que, de dia, fazia sombra e, quando estavam famintos, chovia o maná e também gotas de água para manter o povo vivo, como também à noite. Essa nuvem iluminava o caminho. Nada mais é, óbvio, e só abrirmos a mente, a cabeça, a humanidade precisa tirar essa viseira que nos colocaram durante séculos. Essas dependências, por exemplo: eu vejo o fenômeno da aparição de Fátima como extraterrestre. Aquele Sol que dançava em cima do arbusto que girava. Como o Sol faria esse movimento? Ali, se só foi visto em Fátima, Portugal, em parte nenhuma do planeta, naquele momento que aconteceu. Nada mais é que um fenômeno extraterrestre.

O senhor se sente só, ao falar, sobre o assunto discos voadores, ETs, enfim? Sim, eu me sinto desde que tive a aparição lá no Morro do Chapéu, em Gravataí. Eu me sinto hoje uma pessoa deslocada. Eu vivo, procuro me adaptar às pessoas, com seus valores. Meus valores são completamente outros. Nunca me interessei em ter dinheiro, ao mesmo tempo a Divina Providência não me deixou sem ter pão ou o necessário para continuar a minha caminhada.

O que o senhor espera do ser humano e do planeta Terra? Eu acredito, assim como já aconteceu há milhões de anos atrás, que o planeta segue ciclos. Cada ciclo promove uma transformação geológica no planeta, como já citei, Lao Tsé, Godija, Pajeia, quando a África era unida com a América e depois separaram, e o que prova essa dedução científica é que há pouco tempo, no Acre, numa escavação, paleontólogos encontraram fósseis de elefante, camelo, leões e outros animais originários da África que aqui estavam. Outra coisa que me faz pensar é que, antes dos polinésios atravessarem o Estreito de Behringer e virem povoar as Américas, elas já estavam povoadas por negros. Eles eram daqui, ou vieram pelas correntes marítimas para cá. No Brasil, na Lagoa Santa, Minas Gerais, foi encontrada uma ossada petrificada de uma pessoas africana. Na península de Yucatán, onde surgiram os astecas, toltecas, maias, existe enormes cabeças esculpidas em pedras com expressão afro.

Que outros vestígios de colonizadores o senhor tem conhecimento? A mandioca é uma planta natural da América, mas, foi encontrada em um túmulo egípcio, mandioca milenar. Como é que a mandioca daqui foi para lá? Isso mostra que os povos todos tinham contato. Ah! Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil. Uma grande mentira. A América foi descoberta por Colombo. Outro grande engodo. Américo Vespúcio fez a circunavegação, outro grande engodo.

Esteve aqui, pelo ano de 1200, uma grande esquadra de um almirante chinês. Os fenícios estavam por aqui. Na América do Norte, judeus estiveram entre os índios, tanto assim que havia uma tribo de índios louros, desses imigrantes colonizadores que estiveram lá. Hoje, lamentavelmente, essa tribo está extinta. Outras coisas mais que nos fazem pensar: as escritas maias. Milhares de integrantes do povo maia foram queimados a mando de freis carmelitas e padres católicos, que afirmavam que eles utilizavam uma escrita do diabo e, com isso, destruíram todo um conhecimento. Mas alguns outros padres visionários conservaram alguns escritos, através dos quais descobriram que na hierarquia nobre dos maias existiam princesas negras. Os povos polinésios, que vieram pelo Estreito de Behringer, devem ter destruído esses povos negros, que foram habitantes antes dos polinésios e antes dos brancos. 
CRÉDITO: IVO LUIS DOHL
Algumas das cadeiras do religioso
Algumas das cadeiras do religioso
Existe algum mistério na região oeste de Santa Catarina? Olha, tem uma coisa que me intriga, mas segundo moradores locais, atravessando o rio Uruguai, no Rio Grande do Sul, em Alpestre, existe uma pedra enorme. branca, escorada sob uma pedra sedimentar. Embaixo, tem uma entrada com uma escada onde ninguém entra por medo.  Na propriedade dos Fistarol, em Caxambú, à noite, acontecem fenômenos estranhos. Bolas de fogo que saem de dentro da terra e seres que se movimentam explorando alguma coisa. Ninguém chega perto porque tem medo que seja o demônio.

Falando de fatos ocorridos na região, Chapecó registrou, em 1983, a abdução de Antônio Nelso Tasca. Qual sua posição com relação ao caso? Sim. Um legítimo contato alienígena, mas aqui em Chapecó o chamaram de mentiroso. Nelso Tasca falou que a nave que o capturou foi para o fundo do mar, são seres intraterrenos, que habitam o interior da terra. Eu lembro que, quando estava na Europa, surgiu um noticiário na França que noticiou um movimento de terras lá, provocando a abertura de uma caverna e dessa caverna apareceram duas crianças, um menino e uma menina que deviam ter doze e catorze anos, só que a pigmentação da pele deles era verde e tinham a orelha alongada, falando uma língua estranha, os olhos, negros grandes, tinham dificuldade de ficar expostos à luz do Sol e o povo de lá queria matá-los, disseram que era a aparição do diabo. Isso tudo foi incutido por nossos amigos da igreja, antigamente. Já um padre local, com uma visão mais ampla, protegeu essas duas crianças. Também achou estranho, não deixou que os moradores as sacrificassem e os criou. A menina viveu um ano e meio, o menino até os 14 anos e aprendeu a falar o francês, o provençal, língua da região, e eles contaram que moravam numa cidade que ficava dentro da terra. Uma cidade que tinha luminosidade própria, que não era o Sol e que eles comiam fava e líquens. Tinham grandes fazendas. Ficou um mistério que a ciência da época não tinha o desenvolvimento para esclarecer.

Quanto ao caso Tasca. Como foi seu relacionamento com o abduzido de Chapecó e esse assunto? Nós conversamos muito, em função de que eu tive aquela experiência no Rio Grande do Sul. Ele me passou muitas coisas. Estimava-me por eu acreditar nele. Também se sentia deslocado, tanto assim que foi trabalhar em outra cidade, em função do descrédito. Só que aqui (Chapecó) é um lugar em que eu conheço inclusive um casal de médicos, que em sua chácara viram durante a noite naves, fenômenos na casa deles. Bolas de fogo saindo de dentro da casa e outras coisas mais. Um registro de pouco tempo atrás, no interior do município, por volta das 18h00, colonos se assustaram com uma enorme bola de fogo. Pensaram que o Sol estava caindo. Esconderam-se, inclusive, embaixo de suas casas e aquilo sumiu. Outro fato, a RBS (afiliada da Rede Globo) deve ter as imagens, anos atrás estavam jogando futebol de salão e um funcionário filmando, de repente ele dirigiu a câmera em direção ao edifício Borsatto. O prédio estava coberto por uma enorme nuvem e de repente apareceu uma nave, saindo atrás e eles filmaram, bem no horário de chegada de um avião de São Paulo. Pelo tamanho do avião e da nave pode se calcular o tamanho desse objeto que, de repente, como um raio, subiu aos céus e sumiu.

Frei Luiz, a sua experiência com um extraterrestre. Como aconteceu? Há cerca de 30 anos, durante um acampamento de escoteiros, em um fogo de conselho, ritual tradicional do escotismo, onde os meninos se reúnem com a sua chefia ao redor de uma fogueira. Nisso, cantavam, tocavam violão, assavam pinhão, batata doce, lingüiça, era um momento de lazer cultural. Após isso terminar, por volta da meia-noite, colocamos terra sobre o fogo para não ter problema de incêndio e fomos deitar. Eles estavam divididos em grupos de oito meninos nas suas barracas, eu como era o religioso, tinha minha própria barraca. De madrugada, ouvi um barulho estranho, como se tivessem pessoas quebrando o mato, mexendo, falando. Saí, peguei meu chapéu, uma lanterna, e eu carregava sempre meu terço no bolso. Olhei para o lugar que estava iluminado. Pensei, "Será que os meninos acordaram e reativaram o fogo?" Fui até o local e ali, quando entrei na clareira, ela se apagou, como se alguém desligasse a luz. Dai me assustei. Vi que não era uma coisa natural e senti estar sendo observado. Pelo canto eu olhei e, de repente, vi um vulto que achei ser uma mulher com roupa ligada ao corpo, muito bonita, depois observei que tinha uma expressão andrógina (e que não tinha mamas, por isso cheguei a conclusão de que era do sexo masculino. Ele sorridente, eu me assustei e disse: "É a aparição do diabo". Como o diabo apareceu para Jesus no deserto e para Buda na floresta, eu disse: "deve ser o demônio aparecendo para mim"

Tirei o terço do bolso, apontei para ele e disse: "Em nome de Jesus, te afasta Satanás". Ele sorriu e telepaticamente me disse: “Eu sou aquele que vocês chamam de anjo. Há milhares e milhares de anos nós acompanhamos a evolução da humanidade e vocês não aprendem. Arrogância, a ganância, o egoísmo, o ódio predomina no coração de vocês, e tudo isso que nós oferecemos para desfrutarem e serem felizes, vocês estão destruindo. Com as experiências atômicas, experiências genéticas, vocês estão pondo em risco a civilização e também outras civilizações de outros planetas. Nós estamos preocupados porque o fim de um tempo e o inicio de uma nova era deverá acontecer para dar mais uma oportunidade aos homens. Nós vamos ter que dar um grande banho novamente no planeta. As águas se encarregarão de fazer uma nova seleção e dar uma nova oportunidade, apresentando assim uma nova estrutura geológica”. Também falou algo mais que não guardei. No dia seguinte, acordei dentro da barraca, sem o terço, sem a lanterna e sem o chapéu. Fui ao local, achei que era um pesadelo, não sei, fui lá e estavam no chão. Cerca de 20 meninos e três adultos estavam nesse acampamento. 

O senhor falou com eles sobre o ocorrido durante a madrugada? Nunca comentei nada com ninguém. Não falei nada no dia, pois iam me taxar de louco.
Hoje resolvi falar pelo conhecimento que adquiri durante esses anos todos. A população precisa saber que não estamos sós neste universo. Como Jesus disse: "Na casa de meu pai existem muitas moradas."

Qual a forma física desse ser? Muito humanóide. Alto, de um metro e noventa, rosto andrógino, cabelos muitos claros, parecia quase cinza prateado até o ombro e uma expressão facial linda. Até tem uma imagem de um extraterrestre que é publicada às vezes, que eu acredito ser ele: Ashtar Sheran.

Ouvindo suas declarações, seu contato ocorreu no mesmo período do caso Tasca, em Chapecó?Exatamente. E a partir dali, comecei a me sentir deslocado. Não mais a mesma pessoa. Acredito que não fui abduzido, pois acordei dentro da barraca. Quem sabe? O fato me deixou deslocado desta civilização. Eu não me sinto um membro daqui.

A igreja católica nesse contexto todo, o Vaticano. Pergunto-lhe: qual sua visão desses fatos nos dias atuais? A igreja atualmente acredita. Pessoalmente também penso que muitos santos, santos mesmo como Santa Teresa de Ávila, Francisco de Assis, eles todos foram contatados e guiados. Até penso que está no momento de novamente vir um avatar, um mensageiro de luz, para renovar a mensagem de Jesus. Jesus é puro amor. Ele nunca condenou ninguém, muito pelo contrario, naquele apedrejamento daquela prostituta, Ele perdoou.

Como o senhor avalia a degradação do ser humano nos dias atuais? O senhor vê esperança no jovem?Tu sabes que por surpresa minha estão nascendo espíritos de luz. Eu ontem mesmo (25 de junho 2010), por acaso encontrei um rapaz de 19 anos e fiquei pasmo pela sabedoria, por sua visão totalmente diferente de um jovem capitalista, consumista que conhecemos. Lembrei do fenômeno que começou na Rússia, os meninos azuis. Estão nascendo crianças e com dois ou três anos já falam, caminham, defendendo quatro ou cinco idiomas e tem um nível de conhecimento universitário. Tenho esperanças sim, no ser humano. 

Sobre seus estudos e sua busca pessoal por conhecimento esotérico e místico, a vida religiosa lhe proporcionou esses conhecimentos? Eu tive oportunidade de aprender muito nas minhas caminhadas, pois sempre me interessei. Meu pai foi Grão-Mestre da Loja Electra Porto Alegre, da maçonaria. Sempre me interessei, mas pela influência dos meus professores eu entrei na vida religiosa tendo acesso, por meio das minhas pesquisas na Europa, e meus estudos, a conhecimentos esotéricos principalmente os que envolvem a questão da arquitetura esotérica. Se observarmos as igrejas antigas, elas foram construídas sob um simbolismo esotérico. Hoje, lamentavelmente, os religiosos não recebem mais esses conhecimentos. Desconhecem. Um exemplo é que a maioria das igrejas nas cidades ou nos bairros são uns grandes galpões. Como aqui no meu bairro, Boa Vista, até baile fazem com a presença do santíssimo. Quando antigamente você precisava ter consciência de que estava entrando em um lugar sagrado e tinha que fazer genuflexão. E a arquitetura das igrejas, as não tão modernas, elas todas tem torres e no altar tem uma cúpula, uma abóboda, o que não é por acaso. Nos altares, todos tinham a pedra Hara, uma pedra que no retângulo de mármore encaixava relíquias de algum Santo, e o padre só podia celebrar assim e ocorrer o milagre da transubstanciação, transformação do pão e do vinho em corpo e sangue de Jesus, em cima daquela pedra. Para rezar nas capelas do interior, o Padre levava a pedra Hara. Porque as torres formam antenas de energia cósmica, atraem e formam rede no planeta, torre para torre. E essa energia se centraliza, se concentra nessa abóbada que carregava, transformava a igreja numa grande bateria espiritual e carregava o sacerdote dessa energia, tanto assim que ele erguia as mãos e fechava o polegar para segurar a energia e quando ele abençoava, abria a mão e abençoava os paroquianos carregando a todos de energia positiva. Com isso, antigamente, você saia de uma missa leve como se tivesse levado um grande passe cósmico. Hoje em dia não, você vai, falam de política partidária, quando o representante de Cristo na Terra não poderia tomar partido. A reza do terço em latim, não em português, tem a força dos mantras orientais, porque latim é uma linguagem acústica, lembrando os améns longos, isso vibra, é energia que fazia o massageamento dos órgãos do nosso corpo, nos deixando sempre sadios, e isso foi posto fora.

O senhor integrou algum grupo ocultista? Fui convidado, na época, a participar da “Opus Dei”, que é da igreja católica. Eles, hoje, têm um movimento de leigos muito grande, principalmente nos Estados Unidos, têm sua sede, que é um prédio enorme de vários andares sendo representados por muitos bispos, cardeais e arcebispos no Vaticano e temos o “Iluminatti” , mais antigo, da Idade Média, do qual Leonardo da Vinci participou e outros tantos que tinham o domínio, o conhecimento da magia. A magia é uma só. Ela é negra quando você usa os conhecimentos para fazer o mal, e ela é magia branca quando usamos para o bem. Mas, normalmente, a maioria desses seguidores faz o uso para conquista do poder terreno, material. Aí, você pode esperar de tudo, até o assassinato de algum Papa. Fiz parte do “Iluminatti” e me afastei, porque as energias são muito pesadas. Lá permaneci por oito meses.

Sua mensagem final. Gostaríamos de alertar as pessoas que Deus é amor. Ele está no coração de cada um – pedi e recebereis -, nós temos o poder da palavra, da energia divina que se concentra através do espírito santo e que não precisa templo para se orar. Jesus orava na natureza, que é o templo mais puro e fantástico criado pelo amor de Deus e dado aos seres da terra. Eu alerto que, quando você está no seu carro, quando vai fazer suas necessidades fisiológicas, está lá naquela pecinha, é um momento maravilhoso para orar, quando você se desloca de casa para o trabalho. No trabalho, ao chegar, peça harmonia e paz. Que a maldade humana, através do famoso mau olhado, olho grande, que isso existe, que seja afastada. Isso nada mais é que energia negativa que as pessoas projetam contra nós por inveja quando devia procurar se aprimorar para ser tão bom ou melhor do que com quem convive. Vamos trazer amor e fazer muita caridade, ajudar o nosso próximo, ter harmonia com a natureza em todos os sentidos, em todo reino animal. Que Deus abençoe a todos.